Bruthazmus

bruthazmus.jpg
Por muitos anos, Bruthazmus viveu uma vida solitária como assaltante nas porções norte da Floresta da Urtiga, periódicamente espreitando a Estrada da Costa Perdida em busca de mercadores e entregadores para atacar.

Bruthazmus tem um ódio particular por elfos, e em várias ocasiões lutou contra a patrulheira da região Shalelu.

No dia em que conheceu Nualia, ele pensou que a mulher de aparência exótica era algum tipo de espírito da natureza. Ele tentou capturá-la para vendê-la para piratas do Porto Furado, mas ela habilmente o derrotou sem sofre nenhum ferimento. Quando ela lhe ofereceu trabalho como guarda-costas ao invés de executá-lo, o bugbear agarrou a oportunidade. Ele há muito cobiçava a localidade reclamada pela tribo do Topo Farpado e agora que ele está aqui, ele sabe que deve a Nualia por essa virada em sua sorte. Ele é perverso e abusivo com todos (incluindo os outros aliados de Nualia, com exceção das deliciosas esposas goblins), mas trata Nualia quase como uma mãe.

Bruthazmus não engoliu muito bem o fato de ficar de fora do ataque a Pontal da Areia e perder a chance de criar problemas. Como resultado disso, ele amargamente inveja Tsuto, de quem suspeita estar destruindo Pontal da Areia enquanto ele fica enjaulado aqui. Seu ódio por elfos não ajuda muito o comportamento do bugbear em relação a Tsuto, e ele frquentemente fantasia sobre adicionar a orelha do meio-elfo ao seu colar, mesmo que as orelhas dele não sejam tão pontudas como gostaria.

Bruthazmus

A Ascensão dos Runelords sergionauta