shoanti

shoanti.png

Shoanti é um povo bárbaro nativo da região varisiana do Planalto Storval e das Serras Velashu. Esses humanos descendem dos trabalhadores escravos do antigo império de Thassilon, mas que desde a sua queda, desenvolveu uma cultura única e avançada por conta própria.

Ao contrário das verdadeiras etinias humanas, os Shoantis não são tecnicamente uma etnia, dado ao impacto mínimo e presença limitada no mundo como um todo—não existiam até a destruição de Thassilon.
Por milhares de anos os Shoantis viveram em relativa paz com os Varisianos com quem dividiam a terra deles. O principal conflito deles foi com as bestas selvagens da região, ataques orcs vindos do leste e bárbaros vindo do norte, e a própria paisagem severa.

Quando o Império Chelixe expandiu-se no sul da Varisia através do Vale do Juramento de Sangue, os Shoantis se viram enfrentando um novo inimigo: colonizadores do sul. As batalhas entre as pessoas do que se tornaria Korsova e os Shoantis prevaleceu por décadas, finalmente terminando depois de quase 80 anos, mas o banho de sangue entre esses dois povos permanece mesmo até os dias atuais. Enquanto eles ainda reclamam toda Varisia como de direito deles, hoje as tribos Shoanti estão limitadas ao Planalto Storval, as Terras Cinzas, as Colinas Curchainan, e as Serras Velashu.

Tribos Shoantis
Apesar da descendência em comum, as sete tribos (ou “quahs” na lígua nativa deles) Shoantis são diferentes umas das outras em termos de tradição, crenças, e visão do mundo. Na maioria dos casos, a fidelidade a uma tribo é de extrema importância na vida de um Shoanti, mas o que isto significa é específico ao clã.

Quah da Lua
São ditos os melhores arqueiros do povo Shoanti. Viajando sob o brilho da lua Storval, e caçando com a iluminação das estrelas, os membros do Quah da Lua reconhecem que uma flecha bem mirada é mais efetiva do que um bando de brigões enfurecidos.
Reverenciam as criaturas que caçam a luz da lua, como morcegos e corujas.

Quah do Machado
Um dos poucos clãs Shoanti que utilizam casas permanentes, esses moradores de cavernas marítimas são notáveis pescadores e mergulhadores. O Clã do Machado tem papel vital na proteção da Varisia, defendendo a terra natal deles contra os invasores marítimos do oeste.
Reverenciam criaturas marítimas, como peixes e aves marítimas.

Quah do Falcão
De todas as tribos Shoanti, eles possuem a mais forte afinidade com os animais. Sempre aprendendo com as bestas com quem dividiam suas terras, o Quah do Falcão é o mais pacífico dos quahs, e por serem o quah que mais se relaciona com os outros povos, servem como emissários entre o povo dele e os Chelixes ao sul.
Reverenciam todos os animais, mas principalmente o falcão.

Quah da Espiral
Enquanto os membros do Quah do Falcão são diplomatas talentosos com os forasteiros, os membros do quah da Espiral agem como um elo entre os clãs Shoanti. A principal ambição deles é ver os Shoantis unificados com um único povo, apesar das diferenças que separam os sete quahs.
Reverenciam os antigos monólitos Thassilônicos que podem ser encontrados por todo o território Varisiano.

Quah do Sol
De longe o mais xenófobo dos clãs Shoanti, os ferozes membros do Quah do Sol estão constantemente em guerra. Enquanto defendiam-se dos orcs de Belkzen ou dos invasores Chelixes do sul, o Quah do Sol aprendeu a usar o calor e o fogo da Terras Cinzas tanto como arma quanto pra suas próprias necessidades.
Reverenciam o cavalo acima de todos os animais.

Quah da Caveira
A vida entre o Quah da Caveira gira entorno da morte. Enquanto lutam contra mortos-vivos, agindo como guardiões para os falecidos dentre todos os clãs, os enigmáticos membros do Quah da Caveira são um enigma que algumas vezes perturbam até mesmo a mais compreensivo de seus companheiros Shanti.
Veneram os espíritos dos animais associados com a morte, como abutres ou besouros.

Quah do Vento
Membros do Quah do Vento estão entre os povos Shoanti mais territoriais, Eles residem nas montanhas do norte Varisiano, e que os deuses ajudem quem ameaça essas áreas.
Veneram os animais voadores acima de todos.

Os shoanti tem um nome de nascença, mas quando se tornam adultos ganham um nome completo, geralmente um título de honra, que pode ser alterado conforme as experiências de vida, sendo tratado por seu nome de nascença apenas pelos íntimos.

shoanti

A Ascensão dos Runelords sergionauta